PRODUTORES DE LEITE DE MARMELEIRO REUNIRAM MAIS DE 170 PESSOAS EM ATO DE PROTESTO PELA CATEGORIA

 

10/12/2018

O Encontro com lideranças do Sudoeste reuniu na manhã de sexta-feira ,7 , na AFM Associação dos Funcionários Municipais de Marmeleiro mais de 170 pessoas em Marmeleiro.  Além de entregarem uma pauta com reivindicações do setor às lideranças políticas, foi agendado para a próxima sexta-feira, dia 14, pela manhã, um protesto pacífico do setor leiteiro em Marmeleiro.  O encontro foi organizado por agricultores produtores de leite e teve o apoio do Departamento de Agricultura de Marmeleiro e da Administração Municipal.


Participaram do Ato de Reivindicações Agricultores produtores de leite  de : Marmeleiro, Francisco Beltrão, Dois Vizinhos,  Salgado Filho,   Honório Serpa,  outros municípios da região Sudoeste do Paraná e de Santa Catarina, além de,  representantes dos setores da cadeia produtiva do leite como cooperativas, casas agropecuárias e bancos.


Durante o encontro, a categoria entregou  a pauta com as reivindicações do setor para deputados  estadual e Federal e seus representantes,  e também para autoridades do setor que participaram do ato de reivindicações.


Na ocasião, participaram da mesa de honra: o vice-prefeito de Marmeleiro Altair Gabriel (PSC), representando o prefeito Jaimir Gomes (PSD) que estava cumprindo agenda oficial em Foz do Iguaçu; o diretor de agricultura de  Marmeleiro, Guilherme Baggio; o vice-prefeito de Salgado Filho e presidente da ASSEMA- Associação dos Secretários Municipais de Agricultura e Meio Ambiente, Astério Marchetti; a deputada estadual eleita, Luciana Rafagnin( PT); o deputado estadual, Vilmar Reichenbach ( PSC) e  Coordenador da Frente Parlamentar em Apoio à Cadeia Produtiva do Leite na Assembleia Legislativa;  o representante da Emater regional, o zootecnista Simão Flores;  representando a deputada Federal Leandre Dal Ponte, Rogério Mazzeto; representando o deputado federal, Zeca Dirceu ( PT), Rovanir Noll; representando o deputado federal ,Nelsi Coguetto Maria ( Vermelho) (PSD),  o assessor Altamir Constantino; o presidente do Conselho de Sanidade Animal, CSA e produtor rural, Sidiclei Risso.


Na pauta de reivindicações apresentadas pela categoria estão: uma política de preço mínimo para o leite, atualmente o custo de produção varia de R$1,00 a R$ 1,10, e o preço comercializado não passa de um real;  o fim da política de importação de leite; a redução da tarifa de energia elétrica e a garantia da qualidade do fornecimento no campo entre outros itens.


O Diretor de Agricultura de Marmeleiro, Guilherme Baggio, lembrou que  “o início de dezembro,  apresentou uma situação complicada para os produtores de leite porque  com o preço comercializado, na maioria dos laticínios, o produtor vai receber de 20 a 30 centavos a menos  e a situação é complicada, porque muitos produtores não vão conseguir honrar com seus compromissos. Então   resolvemos apoiar e organizar esse evento para juntos  apresentarmos as reivindicações dos produtores de leite. Também pensamos em articular com a AMSOP para realizarmos um evento ainda maior  com o setor no próximo anos mas  nos próximos dias  estaremos apoiando o protesto dos produtores de leite”.


O agricultor Edenilson Moras, um dos principais organizadores do ato, explicou os motivos da mobilização. “Nosso setor está totalmente inviável;  estamos pagando para trabalhar,  não temos como pagar investimentos, é muito tributo e  hoje estamos totalmente no vermelho. A crise começou ano passado. O custo de produção em média está 30% a mais  que 2017. Se não existir uma medida imediata, algo que proporcione negociação de dívidas se não ficamos sem condições de  trabalhar . Por isso, nosso primeiro passo foi reunir as lideranças e entregar as reivindicações. Na sequência faremos  na próxima sexta-feira ,14, uma manifestação para que as pessoas saibam o que estamos enfrentando”.


O vice-prefeito, Altair Gabriel (PSC), destacou que “o ato de reivindicações foi muito importante e a Administração Municipal está apoiando os  nossos agricultores porque  sabemos que estão passando por um período de dificuldade e todos os setores no nosso município acabam sofrendo”.

 

O presidente do Conselho de Sanidade Animal, CSA e produtor rural Sidiclei Risso, do KM 15, reforçou que “a  manifestação também  tem um caráter social, porque estamos brigando por preço melhor mas também por condições de trabalho ; a gente tá lutando para se manter o campo  e acho que isso mais do que qualquer outra pauta ela é uma pauta social porque ela vai dar condições das famílias se manterem no campo , honrar  seus compromissos e não vir morar na cidade”.

Acompanhe a Carta-Documento com a pauta de  reivindicações entregue as lideranças políticas do Sudoeste.



PAUTA DE REINVIDICAÇÕES DOS PRODUTORES DE LEITE DE MARMELEIRO/PR E REGIÃO:


  • Corte da importação de leite e derivados lácteos, beneficiando os produtores nacionais;
  • Melhorias e agilidade na manutenção da energia rural, frequentes quedas de luz, diminuição do custo da energia e consequentemente a redução de impostos;
  • Diminuição dos impostos sobre os combustíveis (Diesel);
  • Pagamento ao produtor de forma quinzenal por parte dos laticínios, facilitando o fluxo de caixa dos produtores;
  • Renegociação das dívidas, sem cobrança de juros e multas, prorrogação de financiamento;
  • Exclusão da cobrança ou recolhimento de funrural para produtores de leite que tem empregados com carteira assinada;
  • Melhorias no credito rural, redução dos juros, para dar mais competitividade a cadeia produtiva do leite;
  • Tornar realidade a criação do PREÇO MÍNIMO DO LEITE, sendo esse mínimo um valor justo e aceitável;
  • Incentivar o consumo de leite através da mídia (impressa, digital, escrita e falada);



PRODUTORES DE LEITE DE MARMELEIRO REUNIRAM MAIS DE 170 PESSOAS EM ATO DE PROTESTO PELA CATEGORIA

 

Fotos:

 

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.

Prefeitura Municipal de Marmeleiro

Avenida Macali, 255, Centro, Marmeleiro/PR CEP: 85615-000

(46)3525-8100